Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1050
Tipo documento: Dissertação
Título: A fórmula desenvolvimento sustentável na mídia mato-grossense
Autor(es): Alcântara, Gleice Antonia Moraes
Orientador(a): Baronas, Roberto Leiser
Membro da Banca: Baronas, Roberto Leiser
Membro da Banca: Góis, Marcos Lúcio de Sousa
Membro da Banca: Cox, Maria Inês Pagliarini
Resumo : Nossa pesquisa tem como objetivo analisar discursivamente os sentidos que são dados a circular pela fórmula “desenvolvimento sustentável/sustentabilidade” no espaço discursivo jornalístico mato-grossense. Tomamos como referência para constituição de nosso corpus matérias de um jornal de grande circulação do estado, A Gazeta, sediado em Cuiabá. Como recorte temporal, estabelecemos os anos que compreendem de 2006 a 2010. O interesse pela questão surgiu a partir de reflexões como professor de ensino básico, que tem como um de seus o papéis a promoção e inserção do conteúdo de educação ambiental no cotidiano escolar e, principalmente, por observar como o ambiente, por meio do sintagma nominal “desenvolvimento sustentável/sustentabilidade”, vem sendo engendrado em diferentes sentidos, nos mais diversos espaços sociais. Pensando nisso, acreditamos que a escola torna-se um dos espaços para discussão e sensibilização à temática, tendo como foco desnaturalizar o discurso hegemônico, capitalista, desenvolvimentista e impregnado em nossa sociedade. Trabalhamos com a hipótese de que no espaço escolar o discurso hegemônico é predominante. Assim, propomo-nos a evidenciar tais discursos, perscrutando-os para desnaturalizá-los em seus sentidos. Dessa forma, perguntamos: quais sentidos que foram e estão sendo construídos sobre a fórmula “desenvolvimento sustentável/sustentabilidade” no espaço midiático a que lançamos nosso olhar teórico- -analítico? Qual é o papel da mídia na circulação e cristalização da fórmula? Para responder a tais questões, utilizaremos as orientações da Análise do Discurso da linha francesa, oriundas das proposições de Michel Pêcheux, mobilizando conceitos tais como memória discursiva e acontecimento. Entretanto, para tratar mais especificamente e para pensarmos a fórmula “desenvolvimento sustentável/sustentabilidade”, na perspectiva do discurso, buscaremos as contribuições em Alice Krieg-Planque (2003 e 2007) e também em Guilhaumou (2009), explorando a categoria analítica de narrativa do acontecimento para refletir sobre como essa fórmula constrói distintos eventos discursivos.
Resumo em lingua estrangeira: Our research aims to analyze the discursive meanings that are given to move around the formula "sustainable development / sustainability" in the journalistic discursive space of Mato Grosso. We took as reference, to the constitution of our corpus, matters of a major newspaper of the State, A Gazeta, located in Cuiabá. As time frame, we established comprising of the years 2006 to 2010. The interest in the issue grew out of reflections as a professor of education which has as one of their roles in the promotion and integration of the content of environmental education in school life, and especially by observing how the environment has been engineered in different ways in various social spaces, through the noun formula " sustainable development / sustainability”. With this in mind, we believe that the school becomes one of the spaces for discussion and awareness to the issue, focusing on denaturing the hegemonic discourse, capitalist, developmental, and ingrained in our society. We hypothesized that in those spaces the hegemonic discourse is predominant. Therefore, we propose highlight these speeches, scrutinizing them to de-naturalise them. Thus we ask: which way they were and are being built on the formula "sustainable development / sustainability" in the media space that we direct our theoretical and analytical sight? What is the role of media in circulation and crystallization of the formula? To answer these questions, we will use the guidelines of the Discourse Analysis of the French line, derived from the propositions of Michel Pêcheux, mobilizing concepts such as memory and discursive event. However, to address more specifically, to think the formula "sustainable development / sustainability," the perspective of discourse, we will seek contributions in Alice Krieg-Planque (2003 and 2007) and also in Guilhaumou (2009), exploring the analytical category of narrative the event to reflect on how this formula builds distinct discursive events.
Palavra-chave: Análise do discurso
Fórmulas
Acontecimento
Desenvolvimento sustentável
Palavra-chave em lingua estrangeira: Discourse analysis
Formula
Event
Sustainable development
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Linguagens (IL)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem
Referência: ALCÂNTARA, Gleice Antonia Moraes. A fórmula desenvolvimento sustentável na mídia mato-grossense. 2011. 95 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Linguagens, Cuiabá, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1050
Data defesa documento: 18-Aug-2011
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IL - PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2011_Gleice Antonia Moraes Alcantara.pdf1.55 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.