Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1097
Tipo documento: Dissertação
Título: Nitrogênio e potássio na adubação do cártamo cultivado em latossolo vermelho
Autor(es): Anicésio, Ellen Cristina Alves de
Orientador(a): Silva, Edna Maria Bonfim da
Membro da Banca: Silva, Edna Maria Bonfim da
Membro da Banca: Silva, Tonny José Araújo da
Membro da Banca: Koetz, Marcio
Membro da Banca: Guimarães, Geovane Lima
Resumo : O cártamo (Carthamus tinctorius L.) é uma cultura promissora para ser difundida no Brasil visando a produção de biodiesel. Entretanto, a falta de conhecimentos básicos sobre as técnicas de cultivo, como requerimento nutricional da cultura, ainda são obstáculos para sua expansão. O nitrogênio e o potássio são os nutrientes extraídos em maior quantidade pelas plantas, sendo que sua disponibilidade e a adequada proporção entre eles no solo são fatores importantes no desenvolvimento vegetal. Assim, objetivou-se estudar o efeito de combinações de doses de nitrogênio e potássio na adubação do cártamo, cultivado em Latossolo Vermelho. O experimento foi realizado em casa de vegetação, utilizou-se Latossolo Vermelho, coletado sob vegetação de Cerrado, na camada de 0-0,2 m. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, arranjados em esquema fatorial 5x5, correspondente a cinco doses de nitrogênio (0, 60, 120, 180 e 240 mg dm-3) e cinco doses de potássio (0, 50, 100, 150 e 200 mg dm-3), com quatro repetições. Aos 55 dias após a emergência das plantas, realizou-se a primeira avaliação do experimento, onde foram analisadas características fitométricas: número de folhas, altura de plantas, diâmetro do caule; nutricional: índice de clorofila; e o consumo de água. Aos 74 dias após a emergência, determinou-se, além das variáveis da primeira avaliação, características fitométricas: número e diâmetro de capítulos; produtivas: massa seca da parte aérea, capítulos, raízes e total; nutricionais: concentração e acúmulo de nitrogênio e potássio na parte aérea e nos capítulos; e eficiência no uso de água. Os resultados foram submetidos à análise em superfície de resposta por meio do emprego do “Statistical Analysis System” (SAS, 2002). Não houve interação significativa entre nitrogênio e potássio, com efeito isolado dos fatores para todas as variáveis analisadas, aos 55 e 74 dias após a emergência. A adubação nitrogenada aumentou o número de folhas e diâmetro do caule em ambas avaliações. O índice de clorofila foi influenciado positivamente pela adubação nitrogenada nas duas avaliações, com maior valor encontrado na dose de nitrogênio de 168 mg dm-3. O número e diâmetro de capítulos, a massa seca da parte aérea, dos capítulos e total, e a eficiência no uso da água, ajustaram-se a modelo quadrático de regressão para a adubação nitrogenada, apresentando maiores resultados nas doses de nitrogênio de 137; 122; 95; 124; 102 e 82 mg dm-3, respectivamente. A concentração de nitrogênio na parte aérea e nos capítulos ajustaram-se a modelo linear de regressão, entretanto, os maiores acúmulos de nitrogênio na parte aérea e nos capítulos foram proporcionados pelas doses de nitrogênio de 169 e 154 mg dm-3, respectivamente; e os maiores acúmulos de potássio na parte aérea e nos capítulos foram encontrados nas doses de nitrogênio de 90 e 108 mg dm-3, respectivamente. A adubação com potássio apresentou efeito isolado para todas as variáveis analisadas, exceto índice de clorofila e diâmetro de capítulos, com ajuste a modelo linear crescente de regressão. A adubação nitrogenada e potássica, de forma isolada, influencia positivamente as características fitométricas, produtivas e nutricionais de plantas de cártamo aos 55 e 74 dias de cultivo.
Resumo em lingua estrangeira: Safflower (Carthamus tinctorius L.) is a promising crop to disseminate in Brazil for biodiesel production. However, the lack of basic knowledge about cultivation techniques, such as the nutritional requirement of the crop, are still obstacles to it’s expansion. Nitrogen and potassium are the nutrients that are extracted in greater amounts by plants, and their availability and the proper proportion between these nutrients in the soil are important factors in plant development. Thus, the objective was to study the effect of the combined rates of nitrogen and potassium on fertilization in safflower that is grown in Oxisol. This experiment was performed in a greenhouse using Oxisol that was collected under Cerrado vegetation in the 0-0.2-m layer. The experimental design was randomized blocks, and the treatments were arranged in a 5×5 factorial scheme, corresponding to five nitrogen rates (0, 60, 120, 180 and 240 mg dm-3) and five potassium rates (0, 50, 100, 150 and 200 mg dm-3) with four replications. At 55 days after plant emergence, the first experimental evaluation was performed, where the following were analyzed, phytometric characteristics: number of leaves, plant height and stem diameter; nutritional: chlorophyll index; and water consumption. At 74 days after emergence, in addition to the variables of the first evaluation, the following were determined, phytometric characteristics: number and diameter of heads; productive: dry mass of the aerial part, heads, roots and total; nutritional: concentration and accumulation of nitrogen and potassium in aerial part and heads; and efficient of water use. The results were analyzed by the response surface through the "Statistical Analysis System" (SAS, 2002). There was no significant interaction between nitrogen and potassium, with an isolated effect of factors for all of the variables at 55 and 74 days after emergence. Fertilization with nitrogen increased the number of leaves and the stem diameter in both of the evaluations. The chlorophyll index was positively influenced by nitrogen fertilization in both evaluations, with highest value found at a nitrogen rate of 168 mg dm-3. The number and diameter of the heads; the dry mass of the aerial part, heads, and total; and the efficiency of water use adjusted the regression quadratic model to nitrogen fertilization, with higher resulting nitrogen rates at 137, 122, 95, 124, 102 and 82 mg dm-3, respectively. The nitrogen concentration in the aerial part and in the heads adjusted the regression linear model; however, the higher nitrogen accumulation in aerial part and heads were provided by nitrogen doses of 169 and 154 mg dm-3, respectively; the highest potassium accumulation in aerial part and heads were found at nitrogen rates of 90 and 108 mg dm-3, respectively. The potassium fertilization had an isolated effect for all of the variables except for the chlorophyll index and head diameter with linear increasing. The nitrogen and potassium fertilization, in isolation, positively influences the phytometric characteristics, productive and nutritional of safflower plants after 55 and 74 days of cultivation.
Palavra-chave: Carthamus tinctorius L.
Equilíbrio nutricional
Oleaginosa
Palavra-chave em lingua estrangeira: Carthamus tinctorius L.
Nutritional balance
Oilseed
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ENGENHARIA AGRICOLA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUR - Rondonopólis
Departamento: Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas (ICAT) – Rondonópolis
Programa: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Agrícola
Referência: ANICÉSIO, Ellen Cristina Alves de. Nitrogênio e potássio na adubação do cártamo cultivado em latossolo vermelho. 2014. 74 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências Agrárias e Tecnológicas, Rondonópolis, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1097
Data defesa documento: 12-Dec-2014
Aparece na(s) coleção(ções):CUR - ICAT - PPGEAgri - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2014_Ellen Cristina Alves de Anicésio.pdf2.43 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.