Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1154
Tipo documento: Dissertação
Título: Detecção rápida de Cryptococcus gattii usando Nanopartículas de ouro
Autor(es): Maruyama, Fernanda Harumi
Orientador(a): Dutra, Valéria
Coorientador: Nakazato, Luciano
Membro da Banca: Dutra, Valéria
Membro da Banca: Almeida, Arleana do Bom Parto Ferreira de
Membro da Banca: Silva, Maria Cristina da
Resumo : A rápida identificação de Cryptococcus sp. é importante para facilitar o tratamento imediato da criptococose, reduzir o impacto da doença e melhorar as taxas de sobrevivência. Neste trabalho, apresentamos o desenvolvimento da técnica de nanopartícula de ouro (AuNPs) com foco na detecção de C. gattii. DNA de 21 isolados clínicos de C. gattii e quatro de C. neoformans de humanos e animais foram investigados. Isolados de referência (WM 148, WM626, WM628, WM629, WM179, WM178, WM161 WM779), que representam cada um dos oito principais tipos moleculares, foram utilizados como controle de C. neoformans e C. gattii. Para testar a especificidade da técnica isolados de Candida albicans, Malassezia pachydermatis, Conidiobolus lamprauges, Aspergillus fumigatus e Pichia sp. foram utilizados. Oligonucleotídeos desenhados a partir da região do gene superóxido dismutase associados com AuNPs e utilizados para hibridação e detecção específica, permitiram o diagnóstico colorimétrico com base nas propriedades visuais das partículas e a leitura em espectrofotômetro de absorção. A técnica detectou o DNA dos isolados de C. gattii e as estirpes de referência usadas como controle. Os isolados clínicos e as estirpes padrão de C. neoformans, bem como as leveduras utilizadas para a especificidade, foram negativos. A técnica tem sido utilizada para a detecção de outros agentes patogênicos com resultados de boa sensibilidade e especificidade. Neste estudo, a técnica foi AuNPs foi rápida e de baixo custo para detecção de isolados clínico de C. gattii.
Resumo em lingua estrangeira: Rapid identification of Cryptococcus sp is imperative for the facilitation of prompt treatment, the reduced impact of diseases and the improvement of survival rates. In this paper, we present the development of a gold nanoparticle (AuNPs) technique, focusing on C. gattii detection. DNA from 21 clinical isolates of Cryptococcus gattii and four of C. neoformans from humans and animals were investigated. Reference isolates (WM148, WM626, WM628, WM629, WM179, WM178, WM161 and WM779) representing each of the eight major molecular types were used as controls. To test specificity the isolates of Candida albicans, Malassezia pachydermatis, Conidiobolus lamprauges, Aspergillus fumigatus and Pichia sp were used. Oligonucleotides designed from the regional superoxide dismutase gene associated with AuNPs and used for hybridisation and specific detection, allowed for diagnosis based on the visual colorimetric properties of the particles and readings from spectrophotometer absorption. The technique detected both the DNA C. gattii isolates and the reference strains patterns used as controls. The clinical isolates and standard strain of C. neoformans, as well as the yeasts used for specificity, were negative. The technique was used for the detection of other pathogens with good sensitivity and specificity results. In this study, the AuNPs technique was rapid and low cost for the detection of suspected C. gattii clinical isolates.
Palavra-chave: Criptococose
Nanopartículas de ouro
Diagnóstico molecular
Levedura
Palavra-chave em lingua estrangeira: Cryptococcosis
Gold nanoparticles
Molecular diagnostic
Yeast
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEVZ)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Referência: MARUYAMA, Fernanda Harumi. Detecção rápida de Cryptococcus gattii usando Nanopartículas de ouro. 2016. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Cuiabá, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1154
Data defesa documento: 19-Feb-2016
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - FAMEVZ - PPGVET - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2016_Fernanda Harumi Maruyama.pdf1.28 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.