Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1161
Tipo documento: Dissertação
Título: Anestesia total intravenosa com propofol associado ao fentanil, lidocaína, cetamina ou fentanil-lidocaína-cetamina em cadelas submetidas à ovariossapingohisterectomia eletiva
Autor(es): Monzem, Samuel
Orientador(a): Guimaraes, Luciana Dambrósio
Coorientador: Flôres, Fabíola Niederauer
Membro da Banca: Guimaraes, Luciana Dambrósio
Membro da Banca: Souza, Roberto Lopes de
Membro da Banca: Bopp, Simone
Resumo : Este trabalho objetivou avaliar e comparar a influência do bolus e da infusão contínua de fentanil, lidocaína, cetamina ou a associação destes sobre a indução e manutenção da anestesia total intravenosa com propofol, no que se referem os parâmetros cardiorrespiratórios, a analgesia transoperatória e residual, a recuperação anestésica e a ocorrência de efeitos adversos de cadelas submetidas à ovariossalpingohisterectomia eletiva. Foram utilizadas 32 cadelas hígidas, prémedicadas com 0,03 mg/kg de acepromazina pela via intramuscular e após trinta minutos distribuídas em quatro grupos, com tratamentos analgésicos diferentes: grupo F recebeu bolus de 0,0036 mg/kg de fentanil, seguido de infusão contínua de 0,0036 mg/kg/h; o grupo L: bolus de 3 mg/kg de lidocaína, seguido de 3 mg/kg/h; grupo K, bolus de 0,6 mg/kg de cetamina, seguido de 0,6 mg/kg/h e grupo FLK bolus e infusão contínua dos três fármacos nas doses citadas anteriormente para bolus e infusão contínua. Foi administrado um bolus do tratamento analgésico, seguido da indução com propofol e início da infusão contínua do tratamento analgésico e do propofol. Após foi realizada a intubação orotraqueal, o animal foi posicionado em decúbito dorsal, conectado ao oxigênio 100% e mantido sob ventilação espontânea. A dose de manutenção do propofol foi ajustada de acordo com plano anestésico e os parâmetros cardiovasculares. No transoperatório foram monitoradas a frequência cardíaca e respiratória, dióxido de carbono expirado, pressão arterial sistólica, diastólica e média, temperatura corporal e a dose do propofol. As avaliações foram realizadas 5, 15, 20, 30, 40, 50, 60, 70 e 80 minutos após a indução. A infusão dos fármacos foi encerrada concomitante ao término da cirurgia. Para avaliação da recuperação anestésica foram considerados os tempos de extubação, decúbito esternal e posição quadrupedal, que foram mensurados em minutos a partir do término das infusões. Para a analgesia residual, os animais foram avaliados por dois observadores, cegos aos tratamentos, através da escala visual analógica, da escala modificada de Glasgow e do grau de sedação de Dobbis que foram aferidas uma hora antes da cirurgia e de hora em hora após a extubação, em um período máximo de seis horas ou até o animal atingir a pontuação igual ou maior a 3,3 pontos na escala modificada de Glasgow, em um avaliador. Após, foi realizado resgate analgésico com 25 mg/kg de dipirona intravenosa e 0,2 mg/kg de meloxicam subcutâneo. Também foram observados os efeitos adversos presentes no período de recuperação. Todos os grupos apresentaram estabilidade cardiovascular, analgesia e recuperação anestésica adequada para o procedimento de ovariossalpingohisterectomia. A depressão respiratória ocorreu em todos os grupos, sendo mais acentuada nos grupos que continham cetamina. Não houve diferença estatística ente os grupos nos tempos da recuperação anestésica. Durante a avaliação 50% dos animais do grupo L e 25% do grupo K apresentaram vômito; 37,5% do grupo F e 25% do grupo L e K tiveram sialorréia; 12,5% do grupo F e L e 37,5% do grupo FLK apresentaram tremores musculares. A associação fentanillidocaína-cetamina produziu maior analgesia transoperatória e residual por seis horas. Em decorrência da depressão respiratória recomenda-se ventilação artificial
Resumo em lingua estrangeira: The aim of this study was to evaluate and to compare the influence of the bolus and of the continuous infusion of fentanyl, lidocaine, ketamine or association of these under the induction and maintenance of total intravenous anesthesia with propofol, cardiorespiratory parameters, the intraoperative and residual analgesia, anesthetic recovery and the incidence of adverse effects in bitches submitted to the elective ovariohysterectomy. 32 bitches were used, premedicated intramuscularly with 0,03 mg/kg of acepromazine and after 30 minutes distributed in four groups, with different analgesic treatments administered by the intravenous mode: the group F received bolus of 0.0036 mg/kg of fentanyl, followed by continuous infusion of 0.0036 mg/kg/h; the group L: bolus of 3 mg/kg of lidocaine, followed by 3 mg/kg/h; group K, bolus of 0.6 mg/kg of ketamine, following by 0.6 mg/kg/h and group FLK bolus and continuous infusion of the three drugs in the doses mentioned previously. Was administered as a bolus of analgesic treatment, followed by induction with propofol and started of continuous infusion and analgesic treatment and propofol. After intubation endotracheal was performed, the animal was positioned sternal, connected to 100% oxygen and kept spontaneously breathing. The maintenance dose was adjusted according to the anesthetic plan and cardiovascular parameters. Intraoperative period was monitored heart and respiratory rate, end tidal carbon dioxide, systolic, diastolic and mean blood pressure, body temperature and the propofol infusion rate. The evaluations were performed 5, 15, 20, 30, 40, 50, 60, 70 and 80 minutes after induction. The infusion of drugs was finished concurrent with the end of the surgery. For evaluation of the anesthetic recovery the times of extubation, decubitus sternal and position quadrupedal were considered, that were measured in minutes starting from the end of the infusions. For the residual analgesia, the animals were appraised for two observers, blind to the treatments, through the analogical visual scale, of the modified scale of Glasgow and of degree sedation of Dobbis that were checked one hour before the surgery and hourly after the extubation, up to a maximum of six hours or until the animal reached the punctuation of 3.3 points or more in scale of Glasgow, by one appraiser. After, analgesic rescue was performed with 25 mg/kg dipyrone intravenous, 0.2 mg/kg meloxicam subcutaneous. It was also observed adverse effects present in the recovery period. All groups produced cardiovascular stability, adequate analgesia and anesthesia recovery to ovariohysterectomy procedure. Respiratory depression was observed in all groups, being most pronounced in the groups containing ketamine. There was no statistical difference being the groups in anesthetic recovery. During the evaluation 50% of the animals of the group L and 25% of the group K presented vomit; 37.5% of the group F and 25% of the group L and K had excessive salivation; 12.5% of the group F and L and 37.5% of the group FLK presented muscular tremors. The fentanyl-lidocaineketamine produced greater analgesia intraoperative and residual for six hours. As a result of respiratory depression is recommended to artificial ventilation
Palavra-chave: Analgesia multimodal
Analgesia pós-operatória
Cão
Infusão contínua
Palavra-chave em lingua estrangeira: Multimodal analgesia
Post-operative analgesia
Dog
Continues infusion
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEVZ)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Referência: MONZEM, Samuel. Anestesia total intravenosa com propofol associado ao fentanil, lidocaína, cetamina ou fentanil-lidocaína-cetamina em cadelas submetidas à ovariossapingohisterectomia eletiva. 2016. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Cuiabá, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1161
Data defesa documento: 17-Feb-2016
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - FAMEVZ - PPGVET - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2016_Samuel Monzem.pdf1.07 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.