Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1191
Tipo documento: Dissertação
Título: A inserção do/a assistente social na escola : limites e possibilidades
Autor(es): Assunção, Paula de Ávila
Orientador(a): Garske, Lindalva Maria Novaes
Membro da Banca: Garske, Lindalva Maria Novaes
Membro da Banca: Novais, Liliane Capilé Charbel
Membro da Banca: Rios, Terezinha Azerêdo
Membro da Banca: Carvalho, Ademar de Lima
Resumo : O presente texto dissertativo apresenta os resultados de uma investigação acerca da inserção do Serviço Social na escola, como uma política pública e educacional, objetivando compreender as possibilidades e os limites presentes nessa realidade. Considerar a comunidade escolar, a comunidade externa e as famílias como sujeitos dessa história e ouvi-los dialogicamente, como propõe Paulo Freire, foi um grande desafio. Na atual conjuntura existe o entendimento de que o Serviço Social se constitui como mediador dos processos políticos que formam a cultura humana, no encontro com as demais profissões da Educação. A presença do assistente social na escola implica um compromisso coerente com o projeto ético-político profissional hegemônico do Serviço Social brasileiro, gestado desde o final dos anos 1970, que deve estabelecer, com o Projeto Pedagógico da escola, uma relação dialógica. A pesquisa se desenvolveu na Escola Municipal “Campo Florido” (nome fictício), no município de Rondonópolis, Mato Grosso. Participaram, como sujeitos da pesquisa, duas professoras, uma auxiliar de serviços gerais, a coordenadora e o diretor (representantes da Comunidade Escolar); três mães de alunos, (representantes das Famílias) uma das moradoras mais antigas do bairro – também liderança comunitária, e o presidente de bairro (representantes da Comunidade Externa). A pesquisa desenvolve-se segundo o referencial teórico críticodialético e utilizou um método qualitativo crítico. Os fundamentos teóricometodológicos radicam-se em Paulo Freire (1996; 2002; 2008) Garske (2006), Hora (2006), Iamamoto (2008), Netto (1998), Abreu (2004), Santos (2013) e Silva (2012). Os resultados revelam que, entre desafios e possibilidades da inserção do assistente social na escola, existe o desejo de todos os sujeitos envolvidos: comunidade escolar, comunidade externa e família, para que isso ocorra. Os limites para que essa presença se efetive como política pública são: indisponibilidade do profissional no quadro de servidores municipais; visão assistencialista da profissão e pouco conhecimento da Comunidade Externa e da família a respeito de Gestão Democrática. O reconhecimento da necessidade de ações educativas voltadas às questões sociais desenvolvidas por profissional com formação específica, o perfil de mediador do assistente social e o espaço que a profissão já conquistou nessa área, em outas localidades.
Resumo em lingua estrangeira: The present argumentative text presents the results of an investigation about the insertion of Social Service in the school, as a public policy and educational, aiming to understand the possibilities and the limitations present in this reality. Consider the school community, the outside community and families, as subjects of this story and hear them, dialogically, as proposed by Paulo Freire, it was a great challenge. In the current conjuncture there is understanding that the Social Service is constituted as a mediator of the political processes that form the human culture, in the encounter with the other professions of Education. The presence of the social assistant at school implies a coherent commitment with the professional ethical-political project, hegemonic Brazilian Social Service, gestating since the end of the 1970s that should establish the School Pedagogic Project, a dialogic relationship. The research was developed in the Municipal School "Campo Florido” (fictitious name) in the city of Rondonópolis / MT. Participated as research subjects, two teachers, one general assistant, the coordinator and the director (representatives of the school community).Three mothers of students (representatives of Families) one of the oldest residents of the neighborhood - also community leadership, and the district president (External Community representatives). The research develops according to the critical qualitative theoretical framework. The theoretical-methodological foundations are rooted in Paulo Freire (1996, 2002, 2008) and also in relation to the theoretical frameworks and critical analysis of the data are considered Garske (2006), Time (2006), Iamamoto (2008) Netto (1998), Abreu (2004), Santos (2013) and Silva (2012).The research in their results revealed that between challenges and possibilities of insertion of social assistant at school is the desire of all subjects involved: school community, outside community and family, to that this fact occurs. According to the interviews, the limits for that the presence becomes effective as a public policy are: unavailability of professional in the context of municipal employees, assistentialistic vision of the profession and little knowledge of the Foreign Community and family about Democratic Management. And the possibilities are: the need for educational activities directed to the social issues developed by a professional with specific training, the mediator profile social worker and the space that the profession has won in this area, in other locations.
Palavra-chave: Política pública
Escola
Gestão democrática
Assistente social
Palavra-chave em lingua estrangeira: Public policy
School
Democratic management
Social assistant
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUR - Rondonopólis
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS) – Rondonópolis
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação - Rondonópolis
Referência: ASSUNÇÃO, Paula de Ávila. A inserção do/a assistente social na escola: limites e possibilidade. 2016. 120 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Rondonópolis, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1191
Data defesa documento: 17-May-2016
Aparece na(s) coleção(ções):CUR - ICHS - PPGEdu - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2016_Paula de Ávila Assunção.pdf1.31 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.