Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1443
Tipo documento: Dissertação
Título: Prevalência das doenças de pele não neoplásicas em cães no município de Cuiabá, Mato Grosso
Autor(es): Gasparetto, Naiani Domingos
Orientador(a): Sousa, Valéria Régia Franco
Coorientador: Colodel, Edson Moleta
Membro da Banca: Sousa, Valéria Régia Franco
Membro da Banca: Pescador, Caroline Argenta
Membro da Banca: Machado, Luiz Henrique de Araújo
Resumo : Na medicina veterinária, a dermatologia é uma área em ascensão. Acredita-se que entre 15% e 25% dos atendimentos veterinários realizados em clínicas e hospitais de pequenos animais estejam diretamente relacionados às afecções dermatológicas. Sendo assim, é necessário que o clínico esteja apto a identificar as afecções desta ordem e o conhecimento sobre as dermatopatias não neoplásicas de maior ocorrência auxilia no direcionamento do diagnóstico e na instituição do plano terapêutico adequado. Objetivou-se coletar dados referentes às principais dermatopatias não neoplásicas em cães atendidos no Hospital Veterinário da Universidade Federal de Mato Grosso, de abril a dezembro de 2011. Neste período, 112 casos dermatológicos foram atendidos, dos quais sistematicamente realizou-se biopsia de pele. Destes, 93,7% foi possível estabelecer o diagnóstico definitivo através da análise histopatológica junto a métodos diagnósticos complementares (micológico, bacteriológico, parasitológico, citológico, sorológico, tricográfico, molecular e outros), sendo classificados nos seguintes grupos de dermatopatias: parasitárias, imunológicas, bacterianas, fúngicas, endócrinas, hereditárias, psicogênicas, adquiridas e defeitos da ceratinização. As dermatopatias que não foram classificadas em nenhum desses grupos foram designadas “outras dermatopatias”. No geral, as cinco principais dermatopatias não neoplásicas, em ordem decrescente de frequência, foram: demodicidose (20,9%), leishmaniose visceral (12,4%), dermatite atópica (10,5%), dermatofitose (10,5%) e piodermite superficial disseminada (8,6%). Essas cinco condições perfizeram juntas, pouco mais da metade de todas as doenças de pele de cães diagnosticadas neste estudo
Resumo em lingua estrangeira: In veterinary medicine, dermatology is an area on the rise. It is believed that today, between 15% and 25% of visits performed in veterinary clinics and hospitals for small animals are directly related to skin problems. Therefore, it is necessary that the clinician is able to identify conditions of this order and the knowledge of the nonneoplastic skin diseases most frequent assists in directing the diagnosis and institution of appropriate therapeutic plan. This study aimed to evaluate data collect from non-neoplastic dermatopathies of dogs referred to the Federal University of Mato Grosso Veterinary Teaching Hospital, from April to December 2011. During this period, skin biopsies were performed in 112 dermatological cases that matched the inclusion criteria. In 93.7% of the cases, diagnosis was established by histopathology along with another complementary diagnostic method (mycology, bacteriology, parasitology, cytology, serology, trichogram, molecular and others), which allowed classifying the dermatophaties into the following groups: parasitic, immunological, bacterial, fungal, endocrine, hereditary, psychogenic diseases, acquire diseases, and disturbance of keratinization. The skin diseases that could not be classified in any of these groups were designated as "other skin diseases." Overall, the top five nonneoplastic skin diseases, in descending order of frequency, were: demodicosis (20.9%), visceral leishmaniasis (12.4%), atopic dermatitis (10.5%), dermatophytosis (10.5%) and disseminated superficial pyoderma (8.6%). Together, these five conditions made up just over half of all skin diseases of dogs diagnosed in this study
Palavra-chave: Cão
Dermatologia
Dermatopatologia
Pele
Palavra-chave em lingua estrangeira: Dog
Dermatology
Dermatopathology
Skin
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEVZ)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias
Referência: GASPARETTO, Naiani Domingos. Prevalência das doenças de pele não neoplásicas em cães no município de Cuiabá, Mato Grosso. 2012. 93 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias) - Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Cuiabá, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1443
Data defesa documento: 5-Dec-2012
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - FAMEVZ - PPGVET - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2012_Naiani Domingos Gasparetto.pdf1.95 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.