Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/187
Tipo documento: Dissertação
Título: Desestabilização de traços ideológicos homofóbicos na formação crítica de professores/as : um estudo baseado na análise crítica do discurso
Autor(es): Beltrão, Márcio Evaristo
Orientador(a): Barros, Solange Maria de
Membro da Banca: Barros, Solange Maria de
Membro da Banca: Jesus, Danie Marcelo de
Membro da Banca: Batista Júnior, José Ribamar Lopes
Resumo : Neste trabalho, propõe-se a análise, por meio da categoria de significado representacional do discurso, de enunciados (discursos) proferidos por dois docentes da rede pública de ensino da cidade de Cocalinho-MT, acerca da homossexualidade dos/as alunos/as homossexuais da escola em que lecionam. Além disso, busca-se compreender em que medida a reflexão crítica, em cursos de formação contínua, contribui para a desestabilização de possíveis posicionamentos homofóbicos. Na perspectiva faircloughiana, a ideologia é compreendida como representações de aspectos do mundo que contribuem para estabelecer e manter relações de poder, dominação e exploração. A homofobia é considerada um fruto da ideologia heteronormativa de nossa sociedade, sendo legitimada e fortalecida por meio de práticas sociais opressoras. O/a docente da educação básica possui um importante papel social no processo de combate à homofobia; porém, observa-se que muitos/as professores/as possuem essa forma de preconceito internalizada (JUNQUEIRA, 2009). A pesquisa é qualitativa e se configura como um estudo de caso. Para coletar os dados, foram utilizados questionário, observação participante durante um curso de formação contínua sobre diversidades e entrevistas semiestruturadas. Como instrumento metodológico, são utilizadas a Análise Crítica do Discurso (FAIRCLOUGH, 2003a), por meio da categoria analítica interdiscursividade, e a Linguística Sistêmico-Funcional, de Halliday (1985, 1994), como suporte na análise de dados. Os resultados obtidos apontam que, apesar de não possuírem um posicionamento homofóbico, ambos os professores apresentaram traços ideológicos em seus enunciados que remetem a um discurso homofóbico, como a repressão sexual e a homossexualidade vista como doença. O curso sobre diversidades contribuiu para desestabilizar alguns posicionamentos desses dois professores. Dessa forma, observa-se a importância de cursos de formação para professores/as de escola pública, uma vez que permitem não apenas a reflexão sobre práticas discursivas com traços ideológicos hegemônicos, bem como sua problematização e desestabilização
Resumo em lingua estrangeira: This paper aims at analyzing utterances (discourses) from two teachers who work for the public system of education of Cocalinho- MT about homosexuality and from the homosexual students in the same school that they work, through the category of Representation Meaning of Discourses. Also, this study seeks to understand how critical reflection, in ongoing formation courses for teachers, contribute to the destabilization of possible homophobic positionings. In Fairclough's perspective, ideology is understood as representations of general aspects that contribute to the establishing and keeping of relationships of power, domination and exploration. Homophobia is considered a fruit of heteronormative ideology in our society and is legitimized and strengthened by the means of oppressive social practices. The teacher in basic education has an important role in the fight against homophobia, but, it is known that many teachers have this type of prejudice internalized (JUNQUEIRA, 2009). This research is qualitative and is a case study. To collect data, this study used questionnaires, participant observation during a course of ongoing formation about diversities and semi-structured interviews. As a methodological instrument, this study used Critical Discourse Analysis (FAIRCLOUGH, 2003a), through an analytical category, Interdiscursivity and Systemic Functional Linguistics by Halliday (1985, 1994) to support the data analysis. The results of this paper show that, although the teachers did not have a homophobic positioning, both teachers showed ideological traits in their utterances that refer to a homophobic discourse, one that views homophobia as sexual repression or as a disease. The course about diversities contributed to destabilize some of the positions these two teachers had. This way, it can be observed the importance of ongoing formation for teachers who work in the public school system, once these courses allow discursive practices with hegemonic ideological traits to be reflected upon, problematized and destabilized
Palavra-chave: Homofobia
Análise crítica do discurso
Formação crítica docente
Escola pública
Palavra-chave em lingua estrangeira: Homophobia
Critical discourse analysis
Critical teacher formation
Public school
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Linguagens (IL)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem
Referência: BELTRÃO, Márcio Evaristo. Desestabilização de traços ideológicos homofóbicos na formação crítica de professores/as: um estudo baseado na análise crítica do discurso. 2015. 130 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Linguagens, Cuiabá, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/187
Data defesa documento: 25-Sep-2015
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IL - PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2015_Márcio Evaristo Beltrão.pdf1.05 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.