Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/224
Tipo documento: Dissertação
Título: “Glicerina bruta na alimentação de vacas leiteiras”
Outros títulos: Glicerina bruta na alimentação de vacas leiteiras
Autor(es): Feijó, Larissa Cardoso
Orientador(a): Galati, Rosemary Laís
Coorientador: Ribeiro, Marinaldo Divino
Membro da Banca: Galati, Rosemary Laís
Membro da Banca: Queiroz, Maria Fernanda Soares
Membro da Banca: Oliveira, Rodrigo Vidal
Resumo : Objetivou-se avaliar os efeitos do uso da glicerina bruta em até 160g/kg MS sobre parâmetros nutricionais, produção e composição do leite, balanço de compostos nitrogenados e síntese de proteína microbiana em vacas no terço médio lactação alimentadas com dietas à base de silagem de milho e alta FDN. Foram utilizadas nove vacas Holandês x Zebu, no terço médio da lactação, distribuídas em três quadrados latinos 3 x 3, submetidas a três tratamentos, que consistiram da inclusão de 0, 80 e 160 g de glicerina bruta/kg de MS das dietas. O experimento foi constituído por três períodos de 20 dias cada, sendo os onze dias iniciais destinados à adaptação aos tratamentos e, o restante, destinado à obtenção de dados. A inclusão da glicerina nas dietas não influenciou (P>0,05) os consumos matéria orgânica (MO), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) e fibra em detergente neutro corrigida para cinzas e proteína (FDNcp). Para o consumo matéria seca (MS), a tendência foi quadrática (P<0,087), enquanto que para o extrato etéreo (EE) e carboidratos não fibrosos (CNF) o comportamento foi linear (P<0,001). Não houve efeito (P>0,05) da inclusão da sobre a produção de leite e produção de leite corrigida para 3,5% de gordura, tampouco para as porcentagens de gordura, sólidos totais, extrato seco desengordurado, contagem de células somáticas e nitrogênio uréico do leite. Houve efeito quadrático (P=0,017) para o teor de lactose do leite com o maior valor, de 4,29%, observado quando da adição de 80 g glicerina/kg MS. Houve efeito linear (P=0,007) no teor de proteína do leite com valores observados entre 3,42 e 3,52% para as dietas com 0 e 160g/kg de MS de glicerina, respectivamente. Os coeficientes de digestibilidade da MS, MO, PB, FDN e FDNcp aumentaram (P<0,05) com a inclusão crescent da glicerina, enquanto que para os CNF não houve efeito (P>0,05), obtendo-se valor médio de 79,54%. O volume urinário reduziu (P<0,05) com a inclusão da glicerina bruta. Não houve diferença (P>0,05) para as excreções urinárias de alantoína, ácido úrico, purinas totais, relação alantoína/ purinas totais, purinas absorvidas, síntese de compostos nitrogenados microbianos (Nmic) e síntese de proteína microbiana (Pmic). As purinas totais e as purinas microbianas absorvidas não foram afetadas (P>0,05) pela inclusão de glicerina bruta na dieta, apresentando médias de 132,29 e 107,39 mmol/dia, respectivamente. Não foi observado efeito (P>0,05) da inclusão de glicerina sobre o nitrogênio ingerido, balanço de nitrogênio e relação do retido/absorvido, apresentando valores médios de 0,43 kg; 0,27 kg e 77,41%, respectivamente. A quantidade de N absorvido (kg) e o valor percentual do N absorvido aumentaram linearmente (P<0,05) com a inclusão da glicerina bruta, cujos valores variaram de 340 a 370 g/dia, e em percentual de 79,19 a 84,96%, para dietas com 0 a 160 g/kg de glicerina bruta na dieta. Concluiu-se que a inclusão da glicerina bruta em até 160 g/kg de MS na dieta de vacas leiteiras no terço médio da lactação promoveu diferentes efeitos sobre os parâmetros nutricionais, balanço de nitrogênio e síntese microbiana, sem, contudo afetar negativamente a produção e composição do leite de vacas desta categoria animal, podendo-se recomendar o seu uso até a quantidade avaliada e em dietas baseadas no uso de silagem de milho e alta participação de FDN.
Resumo em lingua estrangeira: The objective was to evaluate the effects of the use of crude glycerin up to 160g / kg DM on nutritional parameters, milk yield and composition, nitrogen balance and microbial protein synthesis in lactating cows in the middle third fed silage-based diets High corn and NDF. Nine Holstein x Zebu cows were used, in the middle third of lactation, distributed in three Latin squares 3 x 3, submitted to three treatments consisted of inclusion of 0, 80 and 160 g of crude glycerin / kg DM diets. The experiment consisted of three periods of 20 days each, with eleven early days for adaptation to treatment and the rest, for the data collection. The inclusion of glycerin in diets did not affect (P> 0.05) intakes organic matter (OM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF) and neutral detergent fiber corrected for ash and protein (NDFcp). For the dry matter intake (MS), the trend was quadratic (P <0.087), while for (EE) and non-fiber carbohydrate (NFC) a linear model (p <0.001). There was no effect (P> 0.05) the inclusion of on milk production and milk production corrected for 3.5% fat, either for fat percentages, total solids, nonfat dry extract, somatic cell count and urea nitrogen milk. There was a quadratic effect (P = 0.017) for the milk lactose content with the highest value of 4.29%, observed when adding 80 g glycerin / kg DM. There was a linear effect (P = 0.007) in milk protein content observed with values between 3.42 and 3.52% for the diets containing 0 and 160g / kg DM glycerin, respectively. The digestibility coefficients of DM, OM, CP, NDF and NDFcp increased (P <0.05) with the crescent inclusion of glycerin, while for NFC no effect (P> 0.05) to yield an average value of 79.54%. The urine volume decreased (P <0.05) with the inclusion of crude glycerin. There was no difference (P> 0.05) for the urinary excretion of allantoin, uric acid, total purine, allantoin ratio / total purine, absorbed purines, synthesis of microbial nitrogen compounds (Nmic) and microbial protein synthesis (PMIC). The total absorbed microbial purines and purine were not affected (P> 0.05) by the inclusion of glycerin in the diet, with averages of 132.29 and 107.39 mmol / day, respectively. There was no effect (P> 0.05) the inclusion of glycerin on nitrogen intake, nitrogen balance and ratio of retained / absorbed, with average values of 0.43 kg; 0.27 kg, and 77.41%, respectively. The amount of N absorbed (kg) and the percentage of N absorbed increased linearly (P <0.05) with the inclusion of crude glycerin, with values ranging 340-370 g / day, and the percentage of 79.19 84.96% to diets with 0 160 g / kg of crude glycerin in the diet. It was concluded that the inclusion of crude glycerin up to 160 g / kg DM in the diet of dairy cows in mid lactation third promoted different effects on the nutritional parameters, nitrogen balance and microbial synthesis, without however adversely affect production and composition of milk of cows of this category of animal and may be recommended its use to the evaluated amount and diets based on the use of corn silage and high participation of NDF.
Palavra-chave: Biodiesel
Consumo
Digestibilidade
Leite
Proteína microbiana
Urina
Palavra-chave em lingua estrangeira: Biodiesel
Digestibility
Intake
Microbial protein
Milk
Urine
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::ZOOTECNIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia (FAMEVZ)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Referência: FEIJÓ, Larissa Cardoso. “Glicerina bruta na alimentação de vacas leiteiras”. 2015. 67 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) - Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Agronomia, Medicina Veterinária e Zootecnia, Cuiabá, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/224
Data defesa documento: 15-Jul-2015
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - FAMEVZ - PPGCA - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2015_Larissa Cardoso Feijó.pdf434.5 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.