Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/328
Tipo documento: Dissertação
Título: Half of a Yellow Sun : a experiência dos cronotopos no contexto da Guerra de Biafra
Autor(es): Freitas, João Felipe Assis de
Orientador(a): Carbonieri, Divanize
Membro da Banca: Carbonieri, Divanize
Membro da Banca: Almeida, Marinei
Membro da Banca: Nenevé, Miguel
Resumo : O romance Half of a Yellow Sun, de Chimamanda Ngozi Adichie, apresenta uma narrativa em que a experiência dos cronotopos auxilia na compreensão do contexto da Guerra de Biafra (1967-1970). O enredo, estruturado em quatro partes interdependentes, possibilita, pelo menos, dois eixos de observação crítica: a) a percepção da formação das identidades dos sujeitos pós-modernos/pós-coloniais nesse cenário africano e b) a fragmentação da noção de espaço-tempo desses indivíduos. As figuras ficcionais do romance são sujeitos posicionados numa época e local de mudanças, confrontando o deslocamento das antigas tradições culturais africanas e a presença cada vez maior de valores estrangeiros, ocidentais. Portanto, o objetivo do nosso trabalho é o de analisar a construção dos cronotopos a partir de uma perspectiva com base nas personagens Ugwu, Olanna e Richard, bem como em seus respectivos núcleos de participação. Em um ambiente pós-colonial de produção, a obra possibilita ao leitor a oportunidade de conhecer literariamente a estória de um dos maiores traumas do continente africano presenciado por nigerianos e biafrenses e de sentir o sopro do vento da globalização pelas páginas do texto.
Resumo em lingua estrangeira: Half of a Yellow Sun, a novel authored by Chimamanda Ngozi Adichie, features a narrative in which the experience of chronotopoi assists in understanding the context of the Biafran War (1967-1970). The plot, divided into four interdependent parts, enables at least two axes of critical observation: a) the perception of the formation of postmodern/post-colonial subjects in an African scenery and b) the fragmentation of the concept of space-time in those individual’s experience. Fictional figures in the novel are positioned in an epoch and place of change and transition, confronting the displacement of ancient African cultural traditions and the increasing presence of foreign, Western values. Therefore, the aim of our work is to analyze the construction of chronotopoi from a perspective based on characters such as Ugwu, Olanna, and Richard, as well as their respective nuclei of participation. In a post-colonial context of production, this novel allows the reader the opportunity to know the literary story of one of the major traumas in the African context witnessed by Nigerians and Biafrans and to feel the breath of the wind of globalization through the pages of the text.
Palavra-chave: Cronotopos
Guerra de Biafra
Identidades
Palavra-chave em lingua estrangeira: Chronotopoi
Biafran War
Identities
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Linguagens (IL)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem
Referência: FREITAS, João Felipe Assis de. Half of a Yellow Sun: a experiência dos cronotopos no contexto da Guerra de Biafra. 2014. 158 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Linguagens, Cuiabá, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/328
Data defesa documento: 29-Apr-2014
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IL - PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2014_João Felipe Assis de Freitas.pdf1.23 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.