Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/335
Tipo documento: Dissertação
Título: Junção e tradições discursivas : uma abordagem no domínio da aquisição de escrita
Autor(es): Brito, Ana Rubia Marçal Tuão
Orientador(a): Lopes-Damasio, Lúcia Regiane
Membro da Banca: Lopes-Damasio, Lúcia Regiane
Membro da Banca: Cox, Maria Inês Pagliarini
Membro da Banca: Longhin-Thomazi, Sanderleia Roberta
Resumo : Este trabalho, desenvolvido no âmbito do Grupo de Pesquisa Estudos sobre a linguagem (GPEL/CNPq processo 400183/2009-9), tem por objetivo central descrever e analisar o comportamento sintático, semântico e pragmático dos mecanismos de junção, em contexto de aquisição de Tradições Discursivas da escrita (TDs). Partindo da hipótese geral de que os mecanismos de junção podem ser tomados como elementos sintomáticos para se chegar a uma classificação das diferentes TDs, procura-se identificar, no comportamento desses mecanismos, possíveis reflexos de mesclas de TDs, visando, portanto, a obtenção de conclusões acerca das características dos textos e da tradição em que se inserem. TDs são formas padronizadas de dizer/escrever que ultrapassam a historicidade das línguas particulares, i. e., uma mesma TD permeia diversos idiomas. Quando dizemos/escrevemos algo para alguém, não dizemos/escrevemos somente seguindo as regras sintáticas e gramaticais da língua e a norma linguística de um determinado grupo, mas o fazemos segundo uma tradição. A escolha dos juntores, como foco da pesquisa, fundamenta-se em outros trabalhos já desenvolvidos, em que os mecanismos de junção são tomados como elementos sintomáticos para a classificação e caracterização das TDs. O corpus da pesquisa é constituído por 50 textos extraídos do Banco de dados sobre aquisição de escrita infantil, constituído para subsidiar as pesquisas do GPEL. Os resultados da análise quantitativa mostram que o escrevente, na fase de aquisição da escrita, faz uso, principalmente, de juntores menos complexos, como é o caso do juntor e, e de justaposição de orações. Juntores mais elaborados, no que tange à arquitetura sintático-semântica mobilizada, como, por exemplo, mesmo que e ao invés de, apresentam mais baixa recorrência. Os resultados da análise qualitativa mostram: (i) que os escreventes fazem uso não prototípico de certos juntores, inferindo acepções mais abstratas a partir daquelas mais concretas, em um esquema prioritariamente, embora não exclusivamente, paratático. O juntor e, por exemplo, possui prototipicamente acepção de adição nas orações paratáticas, entretanto, é alta a frequência de seus usos mais abstratos até mesmo permitindo a inferência de acepção de contraste; e (ii) que os escreventes mesclam diferentes TDs a fim de produzir textos que atendam à situação enunciativa. Para tanto, constatam-se aspectos da heterogeneidade constitutiva da escrita, em usos de mecanismos de junção que sinalizam a mescla de TD, revelando traços de oralidade, mas também de letramento.
Resumo em lingua estrangeira: This paper, developed under the Research Group on Language Studies (GPEL /CNPq 400183/2009-9 process) has the main objective to describe and analyze the syntactic, semantic and pragmatic techniques of linking clauses behavior in the context of acquisition of Discursive Traditions of writing (TDs). Starting from the general hypothesis that the mechanisms of junction can be taken as symptomatic elements to arrive at a classification of different TDs, seeks to identify the behavior of these mechanisms, possible consequences of blends of TDs, thus aiming at obtaining conclusions about the characteristics of texts and tradition to which they belong. TDs are standardized to say/write beyond the historicity of particular languages, i. e., the same TD permeates many languages. When we say/write something for someone, do not say/write only following the syntactic and grammatical rules of the language and the linguistic norm of a particular group, but we do according to a tradition. The choice of linking clauses as the focus of research is based on other work already developed, in which the linking techniques are taken as symptomatic for the classification and characterization of TDs elements. The research corpus is composed of 50 texts extracted from the database on the acquisition of child writing, constituted to support the research of GPEL. The results of quantitative analysis showed that the child in the acquisition phase of writing, uses, especially less complex linking clauses, as is the case of linking and, and juxtaposed sentences. More elaborate linking clauses, touch upon the syntactic – semantic architecture mobilized, for example, even though and in spite of, have lower recurrence. Results of the qualitative analysis show: (i) that children are not prototypical use of certain linking clauses, inferring more abstract meanings from those more concrete, in a scheme primarily, though not exclusively, paratactic. The linking and, for example, has prototypically purposes in addition paratactic sentences, however, is the high frequency of its uses even more abstract, allowing infer meaning of contrast, and (ii) that children blend different TDs to produce texts that meet the enunciative situation. To do so, its find constitutive aspects of heterogeneity of writing on uses of the junction mechanisms that show TD, revealing traces of orality, but also literacy.
Palavra-chave: Tradição discursiva
Juntores
Aquisição de escrita
Palavra-chave em lingua estrangeira: Discursive tradition
Linking clauses
Acquisition of written
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Linguagens (IL)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem
Referência: BRITO, Ana Rubia Marçal Tuão. Junção e tradições discursivas: uma abordagem no domínio da aquisição de escrita. 2014. 159 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Linguagens, Cuiabá, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/335
Data defesa documento: 7-Apr-2014
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IL - PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2014_Ana Rubia Marçal Tuão Brito.pdf1.8 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.