Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/527
Tipo documento: Dissertação
Título: Avaliação físico-química e microbiológica de lodo antigo proveniente de um sistema de lagoas de estabilização usado para tratamento de efluentes de indústrias frigoríficas
Autor(es): Carneiro, Ricardo de Sousa
Orientador(a): Gomes, Luiz Airton
Membro da Banca: Gomes, Luiz Airton
Membro da Banca: Jesus, José Manoel Henriques de
Membro da Banca: Valentini, Carla Maria Abido
Membro da Banca: Tocchetto, Marta Regina Lopes
Resumo : Indústrias frigoríficas estão inseridas como o mais frequente empreendimento industrial em Mato Grosso justificado, principalmente, pela agropecuária ser a principal atividade econômica no Estado, tornando os abatedouros uma opção para agregar valor ao que aqui é criado, principalmente na produção de bovinos e aves. Intrínseco a indústria frigorífica está a geração de efluente, que precisa ser tratado antes da sua disposição no solo ou em corpos d’água. Lagoas de estabilização constitui o principal tipo de tratamento de efluente presente em frigoríficos no Estado. Este tipo de tratamento gera um resíduo semissólido denominado lodo. Este subproduto pode ser rico em nutrientes tornando-o um material que é denominado biossólido. Entretanto, para receber tal denominação o lodo de lagoas de estabilização deve apresentar características químicas e biológicas compatíveis com sua utilização. Estas características são também relevantes quanto à patogenicidade. No Brasil, a Resolução CONAMA 375/2006 estabelece parâmetros de concentração de microrganismos para utilização de lodo gerado em sistemas de tratamento de efluentes como fonte de nutrientes para o solo. Em Várzea Grande – MT um complexo de Indústrias Frigoríficas, instalado desde o fim dos anos 70, destinou seus efluentes gerados a um sistema de tratamento de efluentes composto por lagoas de estabilização contendo duas lagoas anaeróbias, uma lagoa facultativa e uma lagoa de maturação. Em janeiro de 2012 este tratamento de efluentes foi desativado e substituído por outro em outra área, o lodo presente no sistema foi reunido nas duas lagoas aeróbias objetivando sua estabilização, desidratação e inertização de patógenos. Diante deste contexto, este trabalho avaliou quali-quantitativamente o lodo acumulado das lagoas de estabilização do complexo de indústrias com vistas à disposição final no solo. Para tal, foram realizados dois estudos de batimetria, um em outubro de 2012 e outro em janeiro de 2014, a determinação das variáveis físico-químicas de SST, pH, DBO, Nitrogênio e Fósforo e a determinação das concentrações de Ovos de Helmintos, Coliformes Termotolerantes e Salmonellas junto ao segundo teste de batimetria. Por fim, conclui-se que o lodo reunido nas lagoas anaeróbias reduziu em aproximadamente 30% seu volume, possui concentração satisfatória de nitrogênio se comparado a outros materiais utilizados como biossólidos, porém pobre em fósforo realizando a mesma comparação. Está ausente de Salmonellas e possui alto teor de umidade, próximo de 98% e concentrações dos microrganismos coliformes termotolerantes e ovos de helmintos acima do permitido pela Resolução CONAMA 375/2006 o que inviabiliza, por hora, a sua utilização no solo. Também foi determinado, em função de formulações apresentadas na metodologia e das condições locais, que até fevereiro de 2015 o lodo possuirá umidade próxima de 70%. Sugestões para aceleração do desaguamento e inertização também estão presentes neste trabalho.
Resumo em lingua estrangeira: Slaughterhouses are inserted as the most frequent industrial enterprise in Mato Grosso justified mainly by agriculture is the main economic activity in the state, making slaughterhouses an option to add value to what is created here, especially in the production of cattle and poultry. Intrinsic to the slaughter industry is the generation of wastewater that must be treated prior to disposal in soil or water bodies. Stabilization ponds are the main type of treatment of this effluent in refrigerators in the state. This type of treatment generates a semisolid residue called sludge. This by-product can be rich in nutrients making it a material that is called biosolids. However, to receive this designation sludge stabilization ponds shall provide chemical and biological characteristics consistent with its use. These characteristics are also relevant as to pathogenicity. In Brazil, the CONAMA Resolution 375/2006 establishes parameters for concentration of microorganisms for use of sludge generated in wastewater treatment systems as a source of nutrients to the soil. In Várzea Grande – MT a complex of industries slaughter, installed since the late '70s, their effluents destined to a wastewater treatment system consisting of stabilization ponds containing two anaerobic ponds, a facultative pond and maturation pond. In January 2012 this treatment effluent was deactivated and replaced by another in another area, the sludge present in the system was assembled in both aerobic lagoons aiming its stabilization, dewatering and blanketing of pathogens. Given this context, this study evaluated qualitative and quantitatively the accumulated sludge from the waste stabilization ponds of complex industries with a view to disposal in soil. To this end, two studies bathymetry, one in October 2012 and another in January 2014, the determination of physico-chemical parameters of TSS, pH, BOD, COD, nitrogen and phosphorus concentrations and the determination of helminth eggs were performed , thermotolerant coliforms and Salmonella with the second test bathymetry. Finally, it is concluded that the sludge collected in anaerobic pounds reduced by approximately 30% in volume, has satisfactory nitrogen concentration compared to other materials used as biosolids, but poor in phosphorus performing the same comparison. Salmonella is absent and has high moisture content, around 98%, and concentrations of thermotolerant coliform microorganisms and helminth eggs above those permitted by CONAMA Resolution 375/2006 which prevents, for now, their use in soil. Was also determined according to the methodology presented formulations and local conditions, that until February 2015 the sludge possess humidity close to 70%. Suggestions for accelerated dewatering and blanketing are also present in this work.
Palavra-chave: Biossólidos
Patógenos em lodos
Destinação de lodo de ETE
Palavra-chave em lingua estrangeira: Biosolids
Pathogens in sludge
Disposal of sludge STE
CNPq: CNPQ::ENGENHARIAS
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia (FAET)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Edificações e Ambiental
Referência: CARNEIRO, Ricardo de Sousa. Avaliação físico-química e microbiológica de lodo antigo proveniente de um sistema de lagoas de estabilização usado para tratamento de efluentes de indústrias frigoríficas. 2014. 75 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Edificações e Ambiental) - Universidade Federal de Mato Grosso, Faculdade de Arquitetura, Engenharia e Tecnologia, Cuiabá, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/527
Data defesa documento: 22-Aug-2014
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - FAET - PPGEEA - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2014_Ricardo de Sousa Carneiro.pdf3.17 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.