Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/789
Tipo documento: Dissertação
Título: Monitoramento de Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) e de características sócio ambientais na construção de estratégias de controle da dengue, em Cuiabá, MT
Autor(es): Cruz, Lucinéia Claudia De Toni Aquino da
Orientador(a): Santos, Marina Atanaka dos
Membro da Banca: Santos, Marina Atanaka dos
Membro da Banca: Miyazaki, Rosina Djunko
Membro da Banca: Santos, Reinaldo Souza dos
Resumo : As medidas de controle da dengue concentram-se basicamente na eliminação do vetor Aedes aegypti, porém outros aspectos devem ser investigados de maneira permanente. Neste trabalho o objetivo foi analisar a contribuição do monitoramento de Ae. aegypti, de características sócio ambientais para a estratégias de controle da dengue, em uma área de Cuiabá, MT em 2012. A área foi escolhida por sinalizar um alto risco de transmissão da dengue. Utilizou-se armadilhas de oviposição, denominadas ovitrampas em 10 pontos escolhidos aleatoriamente. O período de coleta dos dados ocorreu em três ciclos de 2012. Foram coletados 2.728 ovos, observando os Índices de Densidade de Ovos (IDO) e Índice de Positividade de Ovitrampas (IPO). As variáveis climáticas sinalizaram uma correlação com o número de ovos em precipitação e umidade. Na análise dos fatores físicos do ambiente os criadouros predominantes foram os do tipo removíveis. A razão de prevalência foi calculada para analisar o microambiente das ovitrampas, sendo encontradas variáveis com fatores de risco para o aumento do número de ovos. As visitas da Agente de Controle de Endemias (ACE), nas residências correspondentes ao mesmo período de estudo também foram observadas. Em alguns imóveis o intervalo entre as visitas chegou a 38 dias, o que não teve influência no aumento do número de ovos. A segunda parte da pesquisa visou estimar a Taxa Mínima de Infecção transovariana em uma amostra de insetos eclodidos das ovitrampas. Um total de 758 foram armazenados em -80ºC para a extração de RNA através de RT PCR pelo método trizol. Encontrou-se 8 pools positivos em 50 testados, com uma TMI de 10,55%. Os quatro sorotipos da dengue, YFV (Febre amarela), WNV (Oeste do Nilo) e SLEV (Saint Louis) foram analisados, porém apenas o sorotipo 4 do DENV foi detectado nas amostras. Em conclusão foi possível demonstrar que a ovitrampa é um método sensível e eficaz. Analisadas com as condições climáticas e físicas contribuíram para uma maior compreensão vetorial da área. Através da análise viral constatou-se que a transmissão transovariana está ocorrendo na região, e sua importância epidemiológica ainda precisa ser mais bem avaliada, em amostras maiores e em áreas diversas.
Resumo em lingua estrangeira: The measures for dengue control basically concentrate on Aedes aegypti's vector elimination, however other aspects must be investigated permanently. In this paper, the goal was to analyse the contribution of Aedes aegypti's monitoring of socio-environmental characteristics for strategies of dengue control, in an area of Cuiabá-MT, in 2012. The area was chosen for signalling a high risk of dengue transmission. Ovipositions traps were used, called ovitraps, in 10 randomly chosen points. Data collection period occurred in three cycles of 2012. 2728 eggs were collected, observing the Eggs Density Index (IDO in Portuguese) and Ovitraps Positivity Index (IPO in Portuguese). Climatic variables signalized a correlation to the number of eggs in precipitation and humidity. In environment's physical analysis, the predominating breedings were the removable kind. The reason of prevalecence was calculated to analyse the ovitraps' microenvironment, being found variables with risk factors for the increase of eggs' number. The visits of the Endemies Control Agent (ACE, in Portuguese), in residences corresponding to the same period of study were also observed. In some estates the interval between visits was up to 38 days, which did not influence on the increase of eggs' number. The second part of the research aimed to estimate the transovarian Minimum Infection Rate (TMI in Portuguese) in a sample of insects hatched from ovitraps. A total of 758 were stores in -80ºC for RNA extraction through RT PCR by trizol method. Eight positive pools were found out of 50 tested, with a 10,55% TMI. The four sorotypes of dengue, YFW (Yellow Fever), WNV (West Nile) and SLEV (SaintLouis) were analysed, however only sorotype 4 from DENV was detected in the samples. In conclusion, it was possible to demonstrate that the ovitrap is a sensible, efficient method. Analysed with physical and climatic conditions, they contributed for a bigger vectorial comprehension of the area. Through viral analysis, it was testified that transovarian transmission is happening in the region, and its epidemiological importance still needs to be better assessed, in bigger samples and more diverse areas.
Palavra-chave: Aedes aegypti
Controle vetorial
Ovitrampa
Palavra-chave em lingua estrangeira: Aedes aegypti
Vectorial control
Ovitrap
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Saúde Coletiva (ISC)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Referência: CRUZ, Lucinéia Claudia De Toni Aquino da. Monitoramento de Aedes aegypti (Linnaeus, 1762) e de características sócio ambientais na construção de estratégias de controle da dengue, em Cuiabá, MT. 2013. 162 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Saúde Coletiva, Cuiabá, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/789
Data defesa documento: 24-Jul-2013
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - ISC - PPGSC - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2013_ Lucinéia Claudia de Toni Aquino da Cruz.pdf1.98 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.