Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/802
Tipo documento: Dissertação
Título: Exposição aos agrotóxicos em Mato Grosso e ocorrência de malformações congênitas em crianças menores de cinco anos de idade atendidas em hospitais de Cuiabá : estudo caso-controle
Autor(es): Uecker, Marli Eliane
Orientador(a): Pignati, Wanderlei Antonio
Coorientador: Silva, Ageo Mário Cândido da
Membro da Banca: Pignati, Wanderlei Antonio
Membro da Banca: Guimarães, Lenir Vaz
Membro da Banca: Rigotto, Raquel Maria
Resumo : As malformações congênitas vêm apresentando relevância crescente no campo da Saúde Coletiva. Um dos principais fatores de risco são os poluentes ambientais e dentre eles os agrotóxicos se configuram como causadores de malformações congênitas. O Brasil utilizou em 2009 na agricultura cerca de 983 milhões de litros de agrotóxicos e Mato Grosso pulverizou nas suas lavouras 103 milhões de litros entre herbicidas, inseticidas e fungicidas, representando uma exposição de 34,1 litros por habitante. OBJETIVO: Analisar a exposição aos agrotóxicos em Mato Grosso e ocorrência de malformações congênitas em crianças menores de cinco anos de idade atendidas em Hospitais de Cuiabá. MÉTODOS: Estudo tipo caso-controle, sendo que para cada caso (criança com malformação congênita) foram selecionados dois controles (crianças desprovida de malformação) atendidas em Hospitais de Cuiabá-MT, no período de março a outubro de 2011. Amostra constou de 137 casos e 274 controles. O instrumento de coleta dos dados foi um questionário estruturado, aplicado às mães dos dois grupos (caso e controle). Foi realizada análise estatística descritiva, bivariada, estratificada e regressão logística. Na análise bivariada foram identificadas as associações brutas entre exposição e efeito, a estratificada foi realizada para a seleção das principais variáveis de confundimento ou interação. Na regressão logística foram consideradas todas as variáveis quando das análises brutas e estratificadas apresentaram p-valor menor que 0,20, mantendo-se no modelo final, as variáveis com nível de significância menor ou igual 0,05. RESULTADO: A análise bivariada indicou associação significativa para as variáveis: mãe residir na zona rural, ser casada ou em união consensual e o pai aplicar agrotóxicos em sua ocupação no período periconcepcional da criança. No modelo final da regressão logística foram consideradas estatisticamente significativas a ocupação paterna e baixa escolaridade materna, pai que trabalhava na lavoura e aplicava agrotóxicos e baixa renda familiar per capita. Foram encontrados com maior freqüência crianças com malformação única, prevalecendo às fendas labiais e palatinas e as do aparelho osteomuscular. CONCLUSÃO: O estudo evidenciou associação entre a exposição dos pais aos agrotóxicos no período periconcepcional e das mães no primeiro trimestre gestacional e nos três meses que antecederam a gravidez e o nascimentos de crianças com malformações congênitas.
Resumo em lingua estrangeira: Congenital malformations are showing increasing relevance in the field of Public Health. One of the main risk factors are environmental pollutants and pesticides among them are configured to cause birth defects. Brazil used in agriculture in 2009 around 983 million liters of pesticides and Mato Grosso in their crops sprayed 103 million liters of herbicides, insecticides and fungicides, representing an exposure of 34.1 liters per capita. To assess exposure to pesticides in Mato Grosso and the occurrence of congenital malformations in children under five years of age treated at hospitals in Cuiabá. METHODS: A case-control, and for each case (child with congenital malformations) were selected two controls (children deprived of malformation) treated in hospitals in Cuiabá-MT, in the period from March to October 2011. Sample consisted of 137 cases and 274 controls. The data collection instrument was a structured questionnaire administered to the mothers of the two groups (case and control). Statistical analysis was performed descriptive, bivariate, stratified and logistic regression. In the bivariate analysis were identified crude associations between exposure and effect, stratified selection was performed for the main confounders or interaction. In logistic regression all variables were considered when the crude and stratified analyzes showed p-value less than 0.20, remaining in the final model, variables with significance level less than or equal to 0.05. RESULTS: Bivariate analysis showed significant association with the variables: mother reside in rural areas, being married or in consensual union and the father applied pesticides in their occupation in the periconceptional period of the child. In the final model of logistic regression were considered statistically significant paternal occupation and low maternal education, father who worked in agriculture and applied pesticides and low income per capita. Were more often found children with malformation only, prevailing on cleft lip and palate and musculoskeletal system. CONCLUSION: This study showed an association between parental exposure to pesticides in the periconceptional period and mothers in the first trimester and in the three months prior to pregnancy and births of children with congenital malformations.
Palavra-chave: Exposição ambiental
Fatores de risco
Malformações congênitas
Crianças
Palavra-chave em lingua estrangeira: Environmental exposure
Risk factors
Congenital malformations
Children
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Saúde Coletiva (ISC)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Referência: UECKER, Marli Eliane. Exposição aos agrotóxicos em Mato Grosso e ocorrência de malformações congênitas em crianças menores de cinco anos de idade atendidas em Hospitais de Cuiabá: estudo caso-controle. 2012. 94 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Saúde Coletiva, Cuiabá, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/802
Data defesa documento: 11-May-2012
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - ISC - PPGSC - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2012_Marli Eliane Uecker.pdf508.2 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.