Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/803
Tipo documento: Dissertação
Título: A poluição atmosférica em decorrência das queimadas e a mortalidade por doenças do aparelho circulatório da população idosa residente na Amazônia brasileira
Autor(es): Nunes, Karine Vila Real
Orientador(a): Ignotti, Eliane
Membro da Banca: Ignotti, Eliane
Membro da Banca: Scala, Luíz Cesar Nazário
Membro da Banca: Hacon, Sandra de Souza
Resumo : Estudos mostram que poluentes atmosféricos podem causar danos ao aparelho circulatório. A queima de biomassa é um dos principais emissores de poluição atmosférica na região da Amazônia brasileira. Objetivo: Analisar a associação entre a poluição atmosférica decorrente das queimadas e mortalidade por doenças circulatórias da população idosa na Amazônia brasileira. Método: Estudo epidemiológico ecológico desenvolvido em dois capítulos. O primeiro de distribuição das taxas de mortalidade padronizadas por doenças do aparelho circulatório de idosos residentes na Amazônia Brasileira, no período de 1998 a 2007 e o segundo de mortalidade por doença do aparelho circulatório (DAC), por infarto agudo do miocárdio (IAM) e doença cerebrovascular (DCV) nas microrregiões da Amazônia brasileira no ano de 2005 associado às estimativas anuais de PM2,5 acima de 25μg/m3 (HA% PM2,5) para a ano de 2005. Resultados: Verifica-se tendência crescente de incremento da taxa de mortalidade por DAC ( βˆ128.3; p = 0,01). A distribuição espacial da mortalidade por doenças do aparelho circulatório em idosos com mais de 65 anos no ano de 2007 apresenta hot spots com taxas mais elevadas de mortalidade, na região central de Mato Grosso, norte do Tocantins, leste do Pará, central de Rondônia e sudoeste do Maranhão. Verifica-se associação do HA% PM2,5 com as taxas de mortalidade por DAC e IAM. A associação do indicador de exposição com as taxas de mortalidade por DAC é mais elevada para os idosos de 80 anos e mais se comparada a outros grupos de idade (βajustado= 0,05; p= 0,002). Conclusão: A Amazônia apresenta tendência crescente de taxas de mortalidade por doenças do aparelho circulatório e as áreas geográficas com taxas mais elevadas localizam-se na região do “arco do desmatamento”. A taxa de mortalidade por DAC em idosos com 65 anos e mais residentes na Amazônia brasileira têm sido influenciada pela poluição atmosférica decorrente das emissões provenientes das queimadas.
Resumo em lingua estrangeira: Studies had shown that air pollution may cause damage to the circulatory system. The burning of biomass is one of the main issuers of atmospheric pollution in the Brazilian Amazon region. Objective: To analyze the association between air pollution caused by the fires and mortality due to circulatory diseases of the population elderly in the Brazilian Amazon Region. Method: The study was conducted in two articles, the first epidemiological study, the ecological distribution of standard mortality rates for diseases of the circulatory system of elderly residents in Brazilian Amazon in the period from 1998 to 2007 and the second epidemiological study of ecological mortality by disease of the circulatory system (CAD), due to acute myocardial infarction (AMI) and brain vascular disease (CVD) in the micro regions of the Brazilian Amazon Region in the year 2005 associated with the annual estimates of PM2.5 above 25 μg/m3 for the year of 2005. Results : There is growing trend of increase in CVD mortality ( βˆ1 28.34 p = 0.01 ). The spatial distribution of mortality from diseases of the circulatory system in the elderly, with more than 65 years old in the year 2007 presents hot spots with higher rates of mortality, in the central region of the state of Mato Grosso, north of the Tocantins, in the East, Central Rondônia and Southwest of Maranhão. It was found association of HA%PM2.5 with the mortality rates or CAD and AMI. The association of the indicator of exposure with the CVD mortality rates and higher for the elderly with 80 years and more compared to other age groups (βadjusted= 0.05; p= 0.002). Conclusion: The Amazon presents increasing trend with high mortality rates due to diseases of the circulatory system and the geographical areas with higher rates are located in the region in “Arc of deforestation". The rate of mortality due to CAD in the elderly with 65 years and older, living in the Brazilian Amazon had association with air pollution caused by emissions from burning.
Palavra-chave: Mortalidade
Doença cardiovascular
Idoso
Material particulado
Amazônia brasileira
Palavra-chave em lingua estrangeira: Mortality
Cardiovascular disease
Elderly
Particulate material
Brazilian Amazon
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Saúde Coletiva (ISC)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva
Referência: NUNES, Karine Vila Real. A poluição atmosférica em decorrência das queimadas e a mortalidade por doenças do aparelho circulatório da população idosa residente na Amazônia brasileira. 2012. 92 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Saúde Coletiva, Cuiabá, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/803
Data defesa documento: 28-Feb-2012
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - ISC - PPGSC - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2012_Karine Vila Real Nunes.pdf1.35 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.