Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/996
Tipo documento: Dissertação
Título: Professoras primárias em Mato Grosso : trajetórias profissionais e sociabilidade intelectual na década de 1960
Autor(es): Amorim, Rômulo Pinheiro de
Orientador(a): Ferreira, Márcia dos Santos
Membro da Banca: Ferreira, Márcia dos Santos
Membro da Banca: Siqueira, Elizabeth Madureira
Membro da Banca: Honório Filho, Wolney
Resumo : A presente dissertação tem por objetivo analisar a formação de um grupo de professoras primárias enquanto intelectuais da educação, tendo por base a análise de seus percursos de formação e das trajetórias profissionais durante a década de 1960 e suas repercussões na organização do magistério primário de Mato Grosso. A definição da década de 1960 como período de estudo justifica-se pelo fato de ser uma década em que o governo federal elaborou políticas, sob a perspectiva do planejamento educacional, que buscavam implantar mudanças na educação como um todo e, em especial, na preparação de professores para o ensino primário, seja em cursos de “recuperação” para os professores “leigos”, seja em cursos de “aperfeiçoamento” ou de “especialização” aos professores normalistas. Para esta pesquisa, elegeram-se os conceitos de intelectual e de sociabilidade intelectual, elaborados por Jean- François Sirinelli, e os de intelectual, campo intelectual e habitus intelectual, formulados por Pierre Bourdieu, na análise das trajetórias profissionais das professoras primárias pertencentes ao grupo de intelectuais da educação de Mato Grosso. Para a realização da pesquisa foram consultadas as produções em história da educação relativas ao tema, assim como documentos (relatórios, mensagens governamentais, depoimentos orais, jornais) dos arquivos do Diário Oficial de Mato Grosso, da Secretaria de Educação de Mato Grosso, do Arquivo Público do Estado de Mato Grosso, do arquivo do Núcleo de Documentação e Informação de História Regional – NDIHR, do banco de dados do Grupo de Pesquisa em História da Educação e Memória – GEM/IE/UFMT, acrescidos dos depoimentos de professoras primárias que atuaram na década de 1960, coletados especialmente para a pesquisa. Com base nas análises dos seus percursos de formação e trajetórias profissionais e a relação com o contexto educacional de Mato Grosso, pôde-se entender que ocorreram, durante a década de 1960, significativas modificações na formação considerada necessária aos professores do ensino primário, tanto na perspectiva de sua “recuperação” como no seu “aperfeiçoamento”, elementos que colaboraram para a configuração de um inovador campo educacional, com a introdução de nova organização e o estabelecimento de relações hierárquicas no magistério primário mato-grossense.
Resumo em lingua estrangeira: This dissertation have to examine the emergence of a group of primary teachers as intellectuals of education in the state, based on an analysis of training courses and professional trajectories of these teachers during the 1960s and its implications for the organization's primary teaching of Mato Grosso.The definition of the 1960 period of study is justified by the fact that this is a decade in which the federal government have been elaborated policies, from the perspective of educational planning, searching to implement changes in education as a whole and, especially to prepare teachers for primary education, be it in courses of "recovery" for teachers "lay" to be in courses of "perfectioning" or "specialization" for the teachers “normalistas”. For this search, was elected the notion of the intellectual sociability and intellectual elaborated by Jean-François Sirinelli and the concepts of intelectual, intellectual field and the habitus formulated by Pierre Bourdieu to understand the professional trajectories of primary teachers of as belonging to the group of intellectuals of education of Mato Grosso. For to achievement this research have been consulted productions in the history of education related to the theme, as well as documents (reports, government messages, oral testimonies, newspapers) the files of the Diário Oficial of Mato Grosso, the Secretary of Education of Mato Grosso, the Public Archives of the State of Mato Grosso, the file the Nucleus of Information and Documentation of Regional History - NDIHR, Database Research Group in History Education and Memory - GEM / IE / UFMT and testimonies of primary teachers of who acted in the 1960s, collected especially for this research. Based on analyzes of routes for the formation and trajectories professionals primary teachers of and their relation with the state educational context of state, one can understand what happened during the 1960s, meaningful modifications in the formation deemed necessary for teachers of primary Mato-Grossense, both from the perspective of "recovery" as "perfecting" that affected the educational field configuration in Mato Grosso, introducing a new organization and new hierarchical relations in teaching primary in the state.
Palavra-chave: Trajetórias profissionais
Intelectuais
Ensino primário
Palavra-chave em lingua estrangeira: Professional trajectories
Intellectuals
Primary school
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Educação (IE)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Referência: AMORIM, Rômulo Pinheiro de. Professoras primárias em Mato Grosso: trajetórias profissionais e sociabilidade intelectual na década de 1960. 2013. 161 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Cuiabá, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/996
Data defesa documento: 23-Apr-2013
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IE - PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2013_Romulo Pinheiro de Amorim.pdf3.46 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.