Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/1237
Tipo documento: Dissertação
Título: Planificación urbana capitalista : reflexión crítica al espacio concebido
Autor(es): Carmona Vanegas, Jorge Mario
Orientador(a): Volochko, Danilo
Membro da Banca: Volochko, Danilo
Membro da Banca: Padua, Rafael Faleiros de
Membro da Banca: Alvarez, Isabel Aparecida Pinto
Resumo : Em um contexto oficial, o planejamento urbano é considerado um dos processos mais importantes que tem a cidade moderna devido ao alto grau de desenvolvimento urbano que taz consigo a elaboração de projetos para ordenar a cidade. Sua importância deriva da capacidade de articular diferentes agentes econômicos, especialistas e equipes interdisciplinares para desenhar a urbe segundo padrões urbanísticos. No entanto, desde a perspetiva teórica da produção do espaço, entende-se que o planejamento urbano expressa o espaço concebido majoritariamente como um processo ideológico usado para produzir e reproduzir espaços valorizados através do fluxo de capital privado a partir de um mercado imobiliário. Com base no exposto, o presente trabalho teve como objetivo analisar o planejamento urbano no contexto da produção capitalista do espaço, considerando uma análise teórico-metodológica que permitirá definir o objeto de estudo como uma realidade concreta para esboçar uma reflexão crítica acerca da natureza do planejamento urbano como um catalizador das desigualdades sociais e a necessidade da existência delas para reproduzir uma ordem capitalista, principalmente no acesso desigual à moradia.
Resumo em lingua estrangeira: RESUMEN - En un contexto oficial, la planificación urbana es considerada uno de los procesos más relevantes que tiene la ciudad moderna debido al alto grado de desarrollo urbano que trae consigo la elaboración de proyectos para ordenar la ciudad. Su importancia deviene de la capacidad que poseen los diferentes agentes económicos, expertos y grupos interdisciplinarios para diseñar la urbe de acuerdo con patrones urbanísticos. No obstante, desde la perspectiva teórica de la producción del espacio, se entiende que la planificación urbana expresa el espacio concebido principalmente como un proceso ideológico usado para producir y reproducir espacios valorizados a través de la circulación de capitales privados dentro de un mercado inmobiliario. En razón a lo anterior, el presente trabajo tuvo como objetivo analizar la planificación urbana en el contexto de la producción capitalista del espacio, considerando un análisis teórico-metodológico que permitiera definir el objeto de estudio como una realidad concreta para esbozar una reflexión crítica acerca de la naturaleza de la planificación urbana como catalizador de las disparidades sociales y la necesidad que tiene de ellas para reproducir un orden capitalista, principalmente en el desigual acceso a la vivienda.
ABSTRACT - In an official context, urban planning is considered one of the most important processes that have the modern city, due to the high degree of urban development that entails the advance of projects to regulate the city. Its importance derives from the ability to have different economic agents, experts and interdisciplinary groups to design the city according to urban patterns. However, from the theoretical perspective of the social production of space, urban planning is considered an ideological process used to create and reproduce spaces valued by the circulation of private capital in the housing marke. Based on the previous statement, this study aimed to analyze the urban planning in the context of capitalist production of space, considering a theoretical and methodological analysis that allows to define the object of study as a concrete reality, in order to outline a critical reflection on the nature of urban planning as a catalyst of social disparities and the need of them to establish a capitalist order, mainly based in the unequal access to housing.
Palavra-chave: Capitalismo
Cidade
Planejamento urbano
Produção do espaço
Moradia
Palavra-chave em lingua estrangeira: Capitalismo
Ciudad
Planificación urbana
Producción del espacio
Vivienda
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::GEOGRAFIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geografia
Referência: VANEGAS, Jorge Mario Carmona. Planificación urbana capitalista: reflexión crítica al espacio concebido. 2016. 133 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Cuiabá, 2016.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/1237
Data defesa documento: 16-Mar-2016
Aparece na(s) coleção(ções):CUC – ICHS – POSGEO – Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2016_Jorge Mario Carmona Vanegas.pdf5.71 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.