Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/212
Tipo documento: Dissertação
Título: Os gêneros multimodais nos livros didáticos de história : um estudo crítico-dialógico
Autor(es): Benevides, Louredir Rodrigues
Orientador(a): Barros, Cláudia Graziano Paes de
Membro da Banca: Barros, Cláudia Graziano Paes de
Membro da Banca: Anzai, Leny Caselli
Membro da Banca: Nadaf, Vânia Cristhina
Resumo : Esta pesquisa visa a discorrer acerca das atividades compostas de gêneros multimodais de uma coleção de livro didático de História do Ensino Médio, utilizada nas escolas públicas do município de Campo Verde-MT. Para tanto, embasa-se no aporte teórico da leitura à luz dos estudos dos novos letramentos (STREET, 1996), letramento visual (KRESS, VAN LEEUWEN, 1996). Igualmente, recorremos aos conceitos de enunciado, discurso, gêneros discursivos e esferas de produção, circulação e recepção de Bakhtin e o Círculo (BAKHTIN,1929; 1952; 1952-1953/1979; 1973/1975; BAKHTIN/VOLOCHINOV, 1929), ressignificados como gêneros multimodais, à luz da perspectiva teórica da Pedagogia dos Multiletramentos (THE NEW LONDON GROUP, 1996). Além disso, também nos ancoramos nos pressupostos de Paes de Barros (2005; 2009), no que trata das capacidades de leitura de textos multimodais, aplicadas à compreensão das atividades compostas de textos visuais na coleção estudada. Ainda em Vygotsky encontramos o arcabouço teórico sócio-histórico (VYGOTSKY, 1930; 1933), em especial, as suas ponderações acerca do ensino-aprendizagem de História (VYGOTSKY, 1926). De natureza sócio-histórica também são os construtos sobre letramento crítico, em uma releitura contemporânea de Freire (1970; 1979; 1981). O percurso metodológico traçado foi de natureza quantitativa e qualitativa uma vez que inicialmente foram quantificados os gêneros multimodais, cujas maiores incidências indicam a predominância de reproduções de pinturas e fotografias, sendo que as análises qualitativas revelaram o seu emprego mais nos níveis básicos das capacidades de leitura de textos multimodais, pois esses gêneros, na coleção observada, são utilizados mais como ilustrações dos saberes históricos e, por consequência, não avançam para outras dimensões de capacidades de leitura de textos multimodais. Concluímos que as atividades compostas de gêneros multimodais não contribuem para o desenvolvimento dos letramentos visual e crítico, pois limitam-se, em sua maioria, à utilização das imagens como ilustração de textos verbais, deixando de promover a reflexão crítica sobre esses textos tão importantes na atualidade.
Resumo em lingua estrangeira: This research has the aim to discuss about the activities composed of multimodal genres from one serie of History´s textbook for Secondary Level used by public state schools in the city from Campo Verde – Mato Grosso. Therefore, it underlies upon the theoretical framework of teaching and learning reading in the light of New Literacies Studies (STREET, 1996) and visual literacy (KRESS, VAN LEEUWEN, 1996). As well as, we used the concepts from utterance, discourse, speech genres and discoursive domains of production, circulation and reception from Bakhtin´s Circle (BAKHTIN, 1929; 1952; 1952-1953/1979; 1973/1975; BAKHTIN/VOLOCHINOV, 1929), resignified as multimodal genres in light of the theoretical perspective of Pedagogy of multiliteracies (THE NEW LONDON GROUP, 1996). Furthermore, we also anchored on the assumptions from Paes de Barros (2005; 2009), in dealing with multimodal texts reading skills, applied to the understanding of composite activities of visual texts in the textbook serie studied. Also in Vygotsky, we find the socio-historical theoretical framework (VYGOTSKY, 1930; 1933), in particular, their weightings about History teaching and learning (VYGOTSKY, 1926). From socio-historical nature also are the constructs of critical literacy in a contemporary rereading of Freire (1970; 1979;1981). The methodological course was traced on quantitative and qualitative nature since the multimodal genres were initially quantified, whose highest incidences indicate the predominance of painting reproductions and photographs, where as qualitative analysis revealed his employment over the basic levels of multimodal texts reading skills because these genres in the three observed volumen, are used for more as illustrations of historical knowledge and, consequently, they do not advance to other dimensions of multimodality observation strategies (PAES DE BARROS, 2009). We conclude that the composed activities of multimodal genres do not contribute to the development of visual and critical literacies, for the reason that they are limited mostly to the use of images as illustration of verbal texts, and consequentely, they failed to promote critical reflection on these important texts in the present time.
Palavra-chave: Livro didático de História
Letramento visual e crítico
Palavra-chave em lingua estrangeira: History textbooks
Visual and critical literacy
CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Linguagens (IL)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagem
Referência: BENEVIDES, Louredir Rodrigues. Os gêneros multimodais nos livros didáticos de história: um estudo crítico-dialógico. 2015. 138 f. Dissertação (Mestrado em Estudos de Linguagem) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Linguagens, Cuiabá, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/212
Data defesa documento: 7-Jul-2015
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IL - PPGEL - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2015_Louredir Rodrigues Benevides.pdf2.97 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.