Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/263
Tipo documento: Dissertação
Título: O ensino introdutório da teoria da endossimbiose sequencial a luz da teoria da complexidade na educação de jovens e adultos, no município de Alta Floresta, MT
Autor(es): Henicka, Gracieli da Silva
Orientador(a): Paulo, Iramaia Jorge Cabral de
Membro da Banca: Paulo, Iramaia Jorge Cabral de
Membro da Banca: Paulo, Sérgio Roberto de
Membro da Banca: Machado, Nadja Gomes
Membro da Banca: Lemos, Evelyse dos Santos
Resumo : Pesquisas apontam que é viável a inserção de conceitos relacionados à Teoria da Complexidade (TC) no ensino médio. O objetivo geral desse estudo foi averiguar a viabilidade e as dificuldades no processo de ensino-aprendizagem dos conceitos e princípios da Teoria da Endossimbiose Sequencial (TES) a luz da TC a partir de um produto educacional fundamentado em princípios da Teoria da Aprendizagem Significativa. O trabalho está fundamentado também na epistemologia de Kuhn, Maturana e Varela. Essa pesquisa investigou os conhecimentos prévios dos estudantes do segundo ano do ensino médio da Educação de Jovens e Adultos (EJA) acerca de conceitos de Ecologia, Evolução, Biologia Geral e Genética. Conceitos estes que apresentaram potencialidade para ancorar os novos conceitos relacionados à TES de Lynn Margulis, que foram abordados em seguida. Ao final da pesquisa produziu-se a título de produto educacional, um guia para o professor com orientações e sugestões de aprofundamento do tema, contendo ainda três apresentações em pptx, três textos-apoio para o professor, três textos-apoio para o aluno e sete testes. O material será disponibilizado no site do programa (http://fisica.ufmt.br/pgecn/) e da pesquisadora (www.alegriaeciencia.com.br). A metodologia foi quali-quanti com intervenção. A pesquisa aconteceu em Alta Floresta, MT e foi organizada em cinco encontros entre 19 de março de 2014 e 16 de abril de 2014. Participaram do estudo 94 alunos da EJA, sendo 37 do 2° ano noturno, 32 do 2° ano matutino e 27 do 2° ano vespertino. O 2° ano matutino apresentou em média, excluindo a entrevista, 66,51% de frequência nas atividades da pesquisa, o 2° ano vespertino 64,55% e o 2° ano noturno apenas 44,40%. A análise de todas as turmas juntas mostrou 57,44% de frequência média, o que sugere que os alunos faltaram muito aos encontros, especialmente os alunos do 2° ano noturno. Somente 77 alunos responderam ao pré-teste A onde se investigou o perfil dos alunos. Desses 63,64% são mulheres e 36,36% são homens. Ao analisar as turmas do dia esse cenário se repete, mas não é o caso da turma da noite, onde a maioria são homens na faixa etária de 18 a 22 anos, enquanto a faixa etária dos alunos do dia é mais diversificada, com a presença de alunos de até 62 anos. No tocante às aspirações pessoais a maioria dos alunos em todas as turmas demonstrou intenção em concluir o ensino médio e dar continuidade em sua formação, fazendo cursos técnicos e/ou faculdade. De maneira geral, os resultados das oficinas apontam algumas dificuldades de leitura e interpretação dos alunos o que dificultou o aprendizado, mas também apontam avanços na evolução da aprendizagem dos mesmos, há bons indícios de captação de significados conceituais que podem ser considerados precursores de aprendizagem significativa para alguns conceitos. Esse estudo demonstrou que é viável de inserção da Teoria da Endossimbiose Sequencial a luz da Teoria da Complexidade no ensino médio da EJA.
Resumo em lingua estrangeira: Researches show that the inclusion of concepts related to Complexity Theory (CT) is feasible in high school. The overall objective of this study was to investigate the feasibility and difficulties in the teaching-learning process of the concepts and principles of the Theory of Sequential Endosymbiosis (TSE) at the light of CT deriving from an educational product reasoned in the principles of the Theory of Meaningful Learning. The work is based also on Kuhn’s, Maturana’s and Varela’s epistemology. This research investigated the previous knowledge of students of the second year of high school of the Youth and Adult Education (EJA) about the concepts ecology of evolution, General Biology and Genetics. Such Concepts showed potential to anchor the new concepts related to TES by Lynn Margulis, which were covered below. At the end of the survey a teacher's guide with directions and issue of deepening suggestions has been created by way of educational product, still containing three presentations in PPTX, three texts-support for the teacher, three texts-support for the student and seven tests. The material will be available on the program website (http://fisica.ufmt.br/pgecn/) and researcher (www.alegriaeciencia.com.br). The methodology was qualitative and quantitative with participant observation. The research took place in Alta Floresta, MT and was organized in five meetings between March 19th 2014 and April 16th 2014. The participants were 94 students of EJA, 37 of the 2nd year from night shift, 32 of the 2nd year from morning shift and 27 the 2nd year from the afternoon shift. The morning shift group showed on average, excluding the interview, 66.51% attendance in the activities of research, the evening shift group 64.55% and the night shift group only 44.40%. The analysis of all the groups together showed 57.44% average rate, suggesting that students skipped many of the meetings, especially the students of the night shift. Only 77 students answered the pretest A which investigated the profile of the students. Of these, 63.64% are women and 36.36% are men. In analyzing the courses of the daytime, this scenario is repeated, but it is not the case of the night shift group, where most are men aged 18-22 years old, while the age group of students of the daytime is more diverse, with the presence students up to 62 years old. Regarding personal aspirations most students in each class demonstrated intention to complete high school and continue on their training, making technical courses and/or college. In general, the results from the workshops pointed to some difficulties in reading and interpreting of students hampering the learning, but also point advances in the evolution of learning, there was a good evidence of uptake of conceptual meanings that can be considered significant precursors to some e-learning concepts. This study demonstrated that it is feasible to insert Theory of Sequential Endosymbiosis at the light of Complexity Theory in high school of EJA.
Palavra-chave: Teoria da endossimbiose sequencial
Teoria da complexidade
Ensino de biologia
EJA
Palavra-chave em lingua estrangeira: Theory of sequential endosymbiosis
Complexity theory
Biology education
EJA
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Física (IF)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais
Referência: HENICKA, Gracieli da Silva. O ensino introdutório da teoria da endossimbiose sequencial a luz da teoria da complexidade na educação de jovens e adultos, no município de Alta Floresta, MT. 2015. xi, 261 f. Dissertação (Mestrado profissional em Ensino de Ciências Naturais) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Física, Cuiabá, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/263
Data defesa documento: 24-Aug-2015
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IF - PPGECN - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2015_Gracieli da Silva Henicka.pdf43.58 MBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.