Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ri.ufmt.br/handle/1/857
Tipo documento: Dissertação
Título: Educação popular na escola pública : conflitos, limites e possibilidades
Autor(es): Sousa, Edinaldo Gomes de
Orientador(a): Passos, Luiz Augusto
Membro da Banca: Silva, Percival Tavares da
Membro da Banca: Castilho, Suely Dulce de
Membro da Banca: Passos, Luiz Augusto
Resumo : As escolas públicas, especialmente as que ofertam a educação básica, são freqüentadas na sua maioria absoluta, por educandos das classes populares, porém, o modelo de educação ofertada pelo estado não atende seus interesses, seus sonhos e suas perspectivas. Este trabalho aborda os conflitos, os limites e as possibilidades de uma educação pública que atenda aos interesses das classes populares. Os sujeitos desta pesquisa são educadores e educandos de uma escola pública de Cuiabá, que oferta e educação de jovens e adultos. Para um resultado mais próximo possível da realidade, optei pela pesquisa qualitativa, com um caráter do tipo etnográfico, numa perspectiva crítica-dialética. Como procedimentos metodológicos foram adotados registros de áudio, questionários, entrevistas pré-elaboradas, filmagens, relatos e observações. A fundamentação teórica do estudo se deu, sobretudo, nos estudos de educadores como Paulo Freire, Moacir Gadotti, Carlos Alberto Torres, Carlos Brandão, Celso de Rui Beisiegel, entre outros. Os resultados se revelam na análise dos dados que, apesar dos conflitos, a realidade atual, exige um novo olhar para uma educação pública que venha de encontro aos interesses das classes populares. Os resultados anunciam ainda, as possibilidades de a educação popular ser praticada no âmbito das escolas públicas.
Resumo em lingua estrangeira: The public schools, especially the ones offering basic education, are frequented, mostly, by students from low social classes. However, the educational model adopted by the stated does not meet their interests, their dreams and their perspectives. This work is centered in these conflicts, the limits and possibilities of a public education capable of attend the need of mass classes. The subjects of this research are educators and students of a Cuiabá’s public school dealing with youth and adults education. For a result as close as possible of the reality, I choose a qualitative method, with ethnographic, in critical-dialectical perspective. As methodological proceedings we adopted audio records, questionnaire, pre-elaborated interviews, video recordings, reports and observations. The theoretical foundations are based, mostly, in the research of educator like Paulo Freire, Moacir Gadotti, Carlos Alberto Torres, Carlos Brandão, Celso de Rui Beisiegel among others. The results revealed in the data analysis show that, even with these conflicts, the actual reality demands a new behavior when dealing with public education, especially to offer mass classes what they really want. The results still show the possibilities of a popular education committed in the public schools universe.
Palavra-chave: Educação popular
Educador popular
Autonomia
Palavra-chave em lingua estrangeira: Popular education
Popular educator
Autonomy
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal de Mato Grosso
Sigla da instituição: UFMT CUC - Cuiabá
Departamento: Instituto de Educação (IE)
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Referência: SOUSA, Edinaldo Gomes de. Educação popular na escola pública: conflitos, limites e possibilidades. 2011. 123 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Cuiabá, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ri.ufmt.br/handle/1/857
Data defesa documento: 13-May-2011
Aparece na(s) coleção(ções):CUC - IE - PPGE - Dissertações de mestrado

Arquivos deste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISS_2011_Edinaldo Gomes de Sousa.pdf647.44 kBAdobe PDFVer/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.